Destaque

Dra Ana Luisa

O que a sua barriga é capaz de dizer sobre você?

blog-int-img

Apesar de eu estar grávida, às vezes admito que me assusto com o tamanho da barriga. Ela cresce do dia para a noite, literalmente. Entretanto, a barriguinha que mais incomoda homens e mulheres é aquela difícil de ser eliminada. Até mesmo pessoas magrinhas podem apresentar aquele volume “chato” na região da cintura. Além da questão estética, a barriga proeminente pode ser um sinal de doença metabólica, alerta a nutróloga Ana Luisa Vilela.

– A forma como a gordura se acumula na região abdominal diz muito sobre o tipo de problema que pode causar na saúde. Por isso, é preciso a avaliação médica sobre os riscos e também sobre qual o melhor tipo de tratamento e dieta para eliminá-la.

Segundo a médica, a má digestão também pode deixar a pessoa com a barriga inchada.

– Para solucionar, é preciso uma mudança de hábitos, como mastigar bem os alimentos, se alimentar com calma, priorizar alimentos digestivos, como abacaxi e chás, e evitar aqueles que incham, como embutidos, leite, enlatados etc.

Quer saber quais são os tipos de barriguinha mais comuns? Veja abaixo!

Ampulheta

Aquela com cintura mais fina e acumulo de gordura no quadril. Esse tipo apresenta menos risco metabólico desde que haja mudanças nos hábitos de vida. As enzimas, para este caso, pode ser a grande aliadas para ajudar a eliminar esse acúmulo.

Pochete

É aquela gordurinha incômoda que aparece só na frente, principalmente abaixo do umbigo. Em geral, pessoas com este perfil tendem a engordar mais na barriga e menos em outras áreas do corpo. Para eliminar essa protuberância, podem recorrer a tratamentos com aplicação de enzimas e uso de aparelhos, além de dietas ricas em fibras e pouca gordura. Bebidas alcoólicas e gaseificadas devem ser evitadas por pessoas com esse tipo de gordura abdominal. [...] 

Veja a notícia completa clicando aqui.

Fonte: Viva sem neura 

 

Entre em Contato

img
img
img
img
img
img